segunda-feira, 26 de março de 2012

Matrioskas

Também chamadas "bonecas russas", por ser oriundas desse país... apelam à nossa fantasia, ao nosso imaginário...
O nome sugere maternidade: - São sempre arredondadas, lembrando um fecundo ventre materno, protegendo outro ser....
O facto de poder abrir uma matrioska constitui uma maravilhosa surpresa: -as bonecas, normalmente, não são para abrir!- e poder, ó delícia!- extrair,  de dentro dela, uma réplica mais pequena, e outra, e outra... até ao máximo de cinco a seis bonecas, idênticas no seu aspecto, mas de tamanhos decrescentes, que podemos alinhar, decorativamente, sobre um móvel, embelezando o ambiente, ou voltar a encaixar umas nas outras,  deixando, à vista, apenas a maior!
Podem ser brinquedo divertido  para uma criança, e seguro, se  for com vigilância (não vá ela ser tentada em meter alguma das mais pequenas na boca!)...
Seguem sendo elaboradas,como sempre, no nobre material que voltou a estar na moda, na indústria dos brinquedos - a madeira!- que lhes confere um cunho mais artesanal!
As matrioskas têm sempre o  característico lenço florido na cabeça, representativo do trajo folclórico russo, vestes de cores garridas com avental e uns  olhos grandes de boneca cândida!
Matrioskas... Umas conquistadoras!

Nely

( do meu livro "Momentos Artísticos")

2 comentários:

  1. É verdade voltam a estar na moda as matrioskas e eu gosto!
    beijinhos

    ResponderEliminar